Blog 09/abr/2021

Quais são os documentos para comprar um imóvel?

São muitos os detalhes na hora de comprar um imóvel: além de todos os cuidados para escolher o melhor apartamento, também é preciso ter toda a documentação em mãos para conseguir conquistar um bom financiamento.

Pensando nisso, decidimos fazer um conteúdo explicando quais são os documentos para comprar um imóvel. Quer saber mais sobre os cuidados que você precisa ter, então, continue a leitura.

Quais são os documentos para comprar um imóvel?

Quais são os documentos para comprar um imóvel?

Para comprar um imóvel, diversos documentos são necessários.

Nem todos os documentos são obrigatórios, mas decidimos listar os que são mais solicitados e que ajudam a evitar possíveis riscos e problemas com o contrato.

Os documentos do comprador

Se você é quem está buscando um imóvel para comprar, uma série de documentos é necessária para confirmar algumas informações, além de permitir o financiamento imobiliário, tanto pelo banco quanto pela construtora.

Os documentos necessários são:

  • cópias de RG e CPF;
  • certidão de quitação de impostos federais, caso seja comerciante;
  • cópias dos três últimos comprovantes de renda;
  • certidão de casamento ou nascimento;
  • certidões negativas de ações cíveis, da Justiça Federal, executivos fiscais, protesto de títulos, interdição, tutela e curatela, débitos previdenciários (CND/INSS) e de dívida ativa da União, se for comerciante.

Para muitos casos, é possível usar o FGTS, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, para conseguir dar entrada no imóvel.

Se esse for o caso, é necessário reunir outros documentos para garantir esse direito:

  • autorização para movimentação das contas vinculadas ao FGTS;
  • cópia da carteira de trabalho;
  • declaração de primeira compra de imóvel residencial financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH);
  • extrato das contas do FGTS com registros dos 2 anos anteriores.

Importante pontuar que, para usar o FGTS para pagar o valor da entrada do imóvel, é preciso ter, pelo menos, três anos de contribuição ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Esses três anos não precisam ser lineares, nem na mesma empresa: apenas três anos totais de contribuição, em empresas diferentes e em tempos espaçados podem ser considerados.

É necessário se lembrar também que, muitas vezes, quando o financiamento imobiliário é feito junto à construtora, você pode ter algumas facilidades, como o parcelamento do valor da entrada e até mesmo a possibilidade de se abster do pagamento de algumas taxas.

Comprovantes de pagamento das taxas

Comprovantes de pagamento das taxas

O pagamento de taxas durante a compra do imóvel também é necessário. Em muitos casos, a taxa de registro e o imposto ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) é fundamental durante o processo.

No entanto, vale ressaltar: algumas construtoras garantem a isenção desses pagamentos.

A Vila Brasil Engenharia, com o objetivo de facilitar a realização do sonho da casa própria, isenta os clientes do pagamento dessas duas taxas: ITBI e taxa de registro.

Na compra dos imóveis da construtora na planta, ainda é possível dividir de até 36x o valor da entrada, para facilitar ainda mais o pagamento e esse primeiro passo para sair do aluguel e conquistar a casa própria.

Que tal olhar alguns imóveis da Vila Brasil? Conheça nossos empreendimentos.

Leia Também

Assine nossa newsletter e
fique por dentro das novidades

Por favor! Informe o seu nome.
Por favor! Informe o seu e-mail.
Por favor! Informe o seu celular.
BAIXE
AGORA
o APP
Vila Brasil
Icone Apple Icone Play